Banda SURR está pronta para batalha em ‘Guerra Civil’

Novo single mistura idiomas, letra impactante, riffs pesadíssimos e uma “cozinha” demarcada e gloriosamente barulhenta.

“Uma canción, uma explosion sobre um mundo doente, onde independentemente da desgraça, o show must go on.

Lutas segmentadas por saídas individuais explodem a Guerra Civil, silenciosa e particular, por todas as partes das periferias do capital.

Sofremos como someone que corre em uma esteira sem chegada, construída pela mão de obra escrava.

A eterna busca de algo que não se puede ver, nem touch, girando neste carrossel globalizado e apocalíptico.

Bienvenidos a Guerra Civil in Hell!”

Com mistura de idiomas, letra impactante, riffs pesadíssimos e uma “cozinha” demarcada e gloriosamente barulhenta, SURR chega à batalha com a música “Guerra Civil”.

Banda SURR - Foto: May Santos
Banda SURR – Foto: May Santos

Para quem já conhece a banda, letras politizadas não são uma novidade. Muito se fala sobre músicas de protesto e a SURR fez isso mais uma vez com louvor.

Não basta ter uma “letra bonita”, passar a mensagem é outro desafio. A história da música é bem contada pelo vocalista, com muita revolução e força na voz e, enquanto ela é contada, os instrumentos acompanham toda sua trajetória e colocam o peso necessário para impactar o ouvinte – e podem ter certeza, ao vivo é ainda mais pesada. 

Sabe aquele rock’n’roll que a gente precisa? Essa música faz o serviço.

Não importa de que lado você está nessa guerra, você precisa ouvir essa história.

Ouça também nas plataformas digitais:
https://open.spotify.com/track/5MXpMxCmPLeNCmUOwEgjYj
https://music.apple.com/br/album/guerra-civil-single/1499648334
https://www.deezer.com/album/132293082

Biografia

A SURR é uma banda de rock formada em 2015, na cidade de Santos, litoral de São Paulo. Yuri Cruz Costa (letras e voz), Lucas Costa (guitarra), Avanir Neto (baixo) e Gui Miranda (bateria) utilizam teor político e social para refletirem sobre as relações humanas no mundo moderno. Os instrumentos e sons são uma forma de protesto, questionamento e luta.

O que já rolou…

No Spotify, a SURR alcança a marca de mais de 351,1 mil streams.

A banda já dividiu o palco com Dead Fish, CPM 22, Glória, Dance Of Days, Questions HC, Escombro, Bayside Kings, entre outras. Além disso, fez shows no Sesc e nas principais casas de São Paulo, Santos, região do ABC, Guarulhos e Santa Catarina.

A banda sempre se apresenta em manifestações por direitos sociais.

Ficha Técnica:

Captado por Luis Lopes no C4, mixado por Luis Paulo Serafim no LR Sound e masterizado pelo Brendan Duffey.
O LP (Luis Paulo Serafim) trabalhou no estúdio com nomes como: Rita Lee, Djavan, Patu Fu, Skank, Caetano Veloso, Tim Maia, Arnaldo Antunes, Ira! e Racionais Mc’s.
O Brendan Duffey trabalhou com Angra, Almah, André Matos, Charlie Brown Jr. e CPM 22.
Artes e lyric vídeo: Alan Cassiano

SURR NAS REDES

www.surr.com.br
https://open.spotify.com/artist/6ne9xIUEUyKEmhbhPbWFAZ
https://www.deezer.com/br/artist/10639381
https://www.youtube.com/channel/UC8j0xhQdKK3Ff4Y-i586LNw

Deixe uma resposta